EXCLUSIVO: Viracopos cresce mais de 70% na carga aérea em 2010

O Aeroporto Internacional de Viracopos deve encerrar o ano de 2010 com aumento expressivo na movimentação de cargas internacionais em relação a 2009, segundo apurou com exclusividade a reportagem da GPA LogNews.

A superintendente do aeroporto, Lilian Ratto Neves, afirmou que embora seja esperada uma leve queda no mês de dezembro, o movimento de cargas importadas e exportadas deverá atingir as 270 mil toneladas no ano, contra 157 mil registradas em 2009. A marca representa um crescimento de 72% sobre o ano anterior.

Lilian destaca o mês de maio de 2010 como um dos mais importantes da história do aeroporto, que é um dos principais terminais de cargas do País. “Em maio registramos a melhor marca de produtos importados por todos os aeroportos da rede em um mês. Mais de 16 mil toneladas foram importadas pelo terminal Campineiro. Isso tudo demonstra claramente o grande papel da Infraero para o Comércio Exterior e para o Brasil”, ressalta.

Fonte: Redação GPA LogNews


Pátio saturado limita voos

O número de posições de estacionamento do pátio de aeronaves do Aeroporto Internacional de Viracopos é insuficiente para o local operar em sua capacidade máxima de 31 voos por hora, entre pousos e decolagens— hoje, ela está limitada a 26 voos. O gargalo estrutural foi apontado por um relatório reservado do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), que estudou as necessidades de adequação dos principais aeródromos do Brasil, observadas sob o ponto de vista do tráfego aéreo atual.

Viracopos se tornou um dos principais aeroportos do País e é estudado como alternativa para receber voos do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, que terão que ser desviados devido às obras de reforma e ampliação. Mas, de acordo com o relatório, no caso de Viracopos atuar como local para absorver 50% do movimento de Congonhas, haveria a necessidade de disponibilizar mais 26 posições de estacionamento.

Fonte: Correio Popular


Hidrovia do Tietê receberá investimentos do governo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou a implantação de um estaleiro em Araçatuba, no interior de São Paulo, para construção de barcaças para as hidrovias. Ele lembrou que a hidrovia do Tietê, hoje, só funciona com 20% da sua capacidade e que a Transpetro vai assumir essa obra para ocupar 100% da hidrovia.

O presidente confirmou ainda que a administração do PAC no futuro governo Dilma Rousseff ficará a cargo do Ministério do Planejamento, para o qual já foi indicada a atual gestora do programa na Casa Civil, Míriam Belchior. “Essa moça vai para o Planejamento e junto com ela deve levar essas coisas do PAC, que ela conhece como ninguém”, disse Lula, ao falar para prefeitos e governadores que serão beneficiados pelo PAC 2.

Fonte: Ag. Estado


Infraero investe em melhorias em todo o Brasil e Guarulhos ganhará aumento de capacidade em 25%

A Infraero fechará o ano de 2010 com uma série de novidades no que diz respeito a investimentos e obras para a melhoria dos Terminais de Logística de Carga (Tecas) nos aeroportos da rede.

No aeroporto de Manaus foi iniciada a obra do estacionamento para caminhões, que terá uma estrutura aberta de mais de 5 mil metros quadrados. A obra receberá um investimento de R$ 1,32 milhão e será entregue ainda no primeiro semestre de 2011. Este projeto se une a outros dois já em andamento que visam à reforma e ampliação do Teca de Manaus e têm término previsto para julho de 2011. Leia mais