Começa corrida ao Troféu Fênix 2010

A primeira fase do processo de eleição do Troféu Fênix 2010 já teve seu início e permanecerá até 27/08/10, quando importadores e exportadores realizarão, por meio de um Sistema de Indicação “online” mais ágil e rápido, o seu voto aos prestadores de serviço do setor.
“Esta 11ª edição do Fênix é mais uma oportunidade aos melhores prestadores de serviços e importadores, que operam em Viracopos, se destacarem na comunidade de comércio exterior da região”, afirma Antonio Carlos Meduna, diretor de Comércio Exterior do Ciesp-Campinas. Leia mais


Mercosul aprova código aduaneiro e elimina bitributação

O Mercosul aprovou o esperado Código Aduaneiro comum que elimina a bitributação de produtos que circulam pelos países do bloco, depois de seis anos de discussões, anunciou a presidente Cristina Kirchner, durante a 39ª reunião de cúpula do Mercosul, realizada na cidade argentina de San Juan.
Hoje, um produto que ingressa no Mercosul pelo Paraguai e depois é reexportado para o Brasil, por exemplo, paga duas vezes o imposto de importação. A eliminação da bitributação estava prevista no tratado de criação do Mercosul.
A dupla tributação da Tarifa Externa Comum no Mercosul era vista por especialistas como um grande entrave. Leia mais


Armazéns modulares são opções de infraestrutura na Região de Campinas

Empreendimento CELOG 1, com áreas a partir de 1000 m2, inicia comercialização

Com diversas finalidades o Galpão logístico-industrial no novo complexo Celog 1 passa a ser a mais nova opção para instalações de empresas.
Com 95 módulos, que variam de 997,50m² até 2.105,39m² e sempre com pé direito mínimo de 12 metros,  o projeto está posicionado na Região Metropolitana de Campinas, no município de Hortolândia, o maior polo de alta tecnologia do Brasil.
A região conta com forte política de isenções fiscais, promovida pelo governo que já atraiu grandes empresas como: IBM, DELL, COSINOX, MAGNETI MARELLI, AMSTED MAXXION, CELESTICA, COMSAT, LANMAR, NOKIA, WICKBOLD, EMS SIGMA FHARMA, MOTOROLA, SIEMENS, HONDA, BOSH, entre outras, gerando em Hortolândia um crescimento nas relações comerciais locais e regionais, além do aumento na demanda por galpões deste porte.
Mais informações: Maria Silvia:  HYPERLINK “mailto:mariasilvia@lopesbauer.com.br” mariasilvia@lopesbauer.com.br ou (19) 9172-1876


Porto de Santos tem recorde no semestre e contêineres já voltam ao patamar de 2008

O Porto de Santos (SP) movimentou 44,8 milhões de toneladas de cargas no primeiro semestre. De acordo com levantamento divulgado pela Codesp (administração portuária), trata-se de volume 16,6% superior ao registrado no mesmo período do ano passado, quando movimentou 38,4 milhões de toneladas, e o maior movimento para o período já registrado.
Separadamente, no semestre, o porto movimentou 14,6 milhões toneladas de cargas de importação, com incremento de 49,6% sobre igual período de 2009; e 30,1 milhões de toneladas de mercadorias de exportação (+5,3%). O balanço apontou que todos os totais mensais registrados na primeira metade de 2010 foram recordes entre seus respectivos meses, levando a administração portuária rever a sua projeção anual para 93 milhões de toneladas. 
Entre as cargas de exportação, destaque para o açúcar, com 7,8 milhões de toneladas movimentadas no semestre, crescimento de 12,6% em relação a igual período do ano passado (7 milhões de toneladas); além da soja em grãos (7,3 milhões de toneladas, 8,9% a mais) e da gasolina, com 686,3 mil toneladas (+25,4%). No caso das cargas de importação, a administração portuária destacou os crescimentos nos desembarques de carvão (+63,6%, com 1,7 milhão de toneladas) e enxofre (+63,8%, para 941,4 mil toneladas).
A movimentação de veículos totalizou 160,9 mil unidades de janeiro a junho, um expressivo crescimento de 85,1% sobre igual período do ano passado (86,9 mil veículos). A carga conteinerizada movimentada em Santos no semestre cresceu 17%, chegando a 1,2 milhão TEUs (contêiner de 20 pés). De acordo com a Codesp, trata-se de patamar semelhante ao atingido em 2008, antes dos efeitos da crise econômica mundial.

Valores na Balança Comercial
De acordo com o balanço, o valor das cargas no Porto de Santos na primeira metade de 2010 chegou a US$ 42,9 bilhões (25,1% da Balança Comercial Brasileira), sendo US$ 22,5 bilhões o das mercadorias de exportação e US$ 20,4 bilhões das cargas de importação. Já a principal origem dos produtos que chegaram ao porto foram os Estados Unidos, com 25,6% do total das importações no semestre; seguido por Argentina (8,6%); China (8,1%); Alemanha (4,4%) e Austrália (3,8%). A grande maioria das cargas exportadas seguiu para China (24,1%), Países Baixos (7%), Rússia (4,6%), Estados Unidos (4,2%) e Índia (3,8%).



DHL Verde

A DHL Global Forwarding Américas melhora seu programa de proteção ao meio ambiente promovendo a reciclagem de outros produtos além do papel.

Como parte da política corporativa de uso responsável de papel, recentemente anunciada pelo Deutsche Post DHL, com o intuito de amenizar o impacto ambiental da empresa, a DHL Global Forwarding Américas amplia seu programa GoGreen, incluindo uma vasta gama de outros produtos. O programa GoGreen faz parte da Estratégia 2015 do grupo Deutsche Post DHL., lançada no ano passado.
Com o intuito de reduzir o consumo de papel em toda a empresa, a recém iniciada Política Global de Papel, com público alvo em 220 países e territórios, estabelece que todos devem dar preferência ao papel reciclado em vez de qualquer outro tipo de papel. A empresa está tomando as medidas necessárias para garantir que sejam cumpridos os critérios de sustentabilidade, conservação de recursos e de eficiência quando for necessária a seleção de papel em produtos, impressos e embalagens utilizados diariamente na empresa. O compromisso de reduzir a dependência de combustíveis fósseis e de preparar uma economia de consumo que gere um nível mínimo de emissão de carbono ajudará a reduzir custos em longo prazo e beneficiará clientes e a comunidade em que vivem. Leia mais